Emissor Radiônico
A física quântica e a nanociência trouxeram muitos fantasmas  do outro mundo para este.
Vieram colocar em dúvida negativas clássicas para fenômenos milenares.
A radiônica ainda é uma controvérsia científica.
Enquanto alguns já aceitam os fenômenos radiônicos como fatos reais, apesar do desconhecimento de suas leis, outros a rechaçam ferozmente.
Os fenômenos radiônicos já eram conhecidos dos chineses e egípcios há milhares de anos mas são considerados pela ciência como superstição.
Apesar disso a quantidade de seus adeptos já é bem grande e cresce mais a cada dia.
Segundo seus seguidores, a  energia sutil pode ser detetada e enviada a qualquer distância por aparelhos, figuras ou seres humanos.

Para testar a eficácia da radiônica pode-se concentrar nas palavras do gráfico, durante um período maior que 3 minutos e verificar depois os resultados.

Para saber mais sobre radiônica CLICK AQUI.

   Casa      Nossa Saúde
Traduzir esta página
 
LINKs
 


 
 
 
CyberLink Media Suite 9
 
 
Roxio's Award Winning Products
 
Avira Antivirus Premium 2012 - Experimente gratis
 



                                                                                                                                                                             
 
Você é o único responsável pela sua Saúde
 
Muitos são os responsáveis pelas nossas doenças: o cigarro com sua nicotina, os refrigerantes com conteúdo elevado de açúcar, acidez elevada e nada nutritivo, os agrotóxicos adicionados nas culturas de alimentos, os corantes e realçadores de sabor químicos, os conservantes de todos os tipos utilizados nos alimentos processados etc, etc, etc.... Todos eles causadores dos diversos tipos de doenças que nos afligem.
Quem é o responsável pela minha saúde? Eu. Ninguém mais.
Sou eu quem decide não fumar, a evitar o refrigerante ácido cheio de açúcar, a evitar os alimentos cheios de corantes e conservantes, a procurar alimentos saudáveis sem agrotóxicos, etc, etc ....
A nossa medicina cuida das doenças. Mas nós necessitamos de uma medicina que cuide da saúde.

"A ausência de evidência científica que dê apoio às práticas médicas é clara em todas as áreas da Medicina. Com pouquíssimas exceções, não há certezas, em Medicina. O que o paciente receberá dependerá mais da chance e dos preconceitos pessoais do médico, do que da Ciência. Esse não é, naturalmente, um problema novo. No prefácio à sua peça de teatro "O Dilema do Médico", George Bernard Shaw chama a atenção para o fato de que durante a primeira grande epidemia de gripe que se deu no final do Século XIX, um jornal londrino enviou um jornalista,como se fora ele um paciente qualquer, para se consultar com os melhores médicos de então. O jornal então publicou detalhes do conselho e das prescrições dadas pelos médicos. Apesar do fato de que o jornalista se queixar exatamente dos mesmos sintomas aos muitos médicos consultados, o conselho e as prescrições dados eram todos distintos (diferentes). Nada mudou. Até mesmo nesses dias de aparente medicina de alta tecnologia há muitas – quase ilimitadas – variações nos tratamentos preferidos por médicos diferentes. Os médicos oferecem prescrições diferentes para sintomas exatamente idênticos; internam pacientes por períodos de tempo muito variados, mesmo para pacientes com problemas que se mostram idênticos."
 
Texto de: A Medicina Moderna N ã o éuma Ciência.
(Click acima para texto completo)
 
 
A Melancia e as Infecções e Pedras nos Rins

A melancia é uma fruta disponível o ano todo, para o brasileiro. Ela contém mais de 90% de água e substâncias fundamentais para o funcionamento orgânico e a correção de disfunções e intoxicações, tais como, pressão alta, reumatismo ou gota, eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago e o intestino, é eficaz no tratamento da acidez estomacal, obesidade, bronquites crônicas, problemas de boca e garganta, cistites e ainda protege contra o câncer e a oxidação celular.

A maioria dos consumidores da melancia desconhecem estas qualidades mas a consomem devido ao seu sabor.

Como diurético natural, a melancia atua diretamente nos rins e, pelas experiências dos vovôs e das vovós, dos titios e das titias, além de recomendações médicas(poucas aliás) ela é o remédio natural para dissolver pedras dos rins e eliminar também infecções renais.

As pessoas de um modo geral não acreditam em soluções simples para problemas complicados; só que elas se esquecem que não é a complexidade que soluciona o problema mas algo que vem embutido tanto na simplicidade quanto na complexidade(e que ninguém gosta): DISCIPLINA ou Critério ou Método.

A diferença entre um jogador profissional e um peladeiro ou de um militar para um cidadão comum é a disciplina; a diferença entre um barracão e uma casa é o projeto. O médico quando prescreve um remédio para um paciente sempre fornece a RECEITA ou seja a disciplina que deve ser seguida na aplicação do remédio.

Quando as pessoas vão fazer uso de receitas naturais e/ou as recomendações das vovós e das titias abandonam a DISCIPLINA e depois reclamam que não funcionam. A disciplina representa a relação de autoridade da Alma sobre o Corpo. Sem autoridade não há disciplina; sem disciplina não há ordem e; sem ordem há baderna ou DOENÇA. A nossa sociedade atual é um exemplo claro disto com a retirada da autoridade dos pais na família e a corrupção na autoridade do estado, temos o aumento das doenças e da criminalidade(baderna).

Portanto para eliminar infecções e pedras dos rins com o uso da melancia, sendo que as pessoas não são iguais, as pedras e as infecções não são iguais e até mesmo as melancias não são iguais é necessário utilizar uma mesma DISCIPLINA que é o elemento equalizador do processo.

Para obter a descrição “clik aqui” ou no link “Eliminação de Infecções e Pedras nos Rins” no lado direito da página.

 
 
 
 
AVG Anti-Virus 2012
 
 Roxio's Award Winning Products